Publicado em Deixe um comentário

Como Fazer Dubstep: 15 Dicas Essenciais Você Precisa Saber!

Aprenda a fazer Dubstep nestes cursos de vídeo profissionais gratuitos em Academy.fm:
How To Make Dubstep in Ableton Live: Start To Finish
How To Make Dubstep in FL Studio: Start To Finish
There’s no denying that dubstep has been one of the most popular genres in electronic dance music over the last several years.
não é difícil entender seu apelo. Parece um robô-dinossauro a disparar lasers um contra o outro, e faz as crianças dançarem!
Mas quando se trata de realmente produzir dubstep, não é assim tão simples. Há muita coisa que entra em fazer uma faixa de dubstep, e pode levar anos para um produtor antes que eles sejam capazes de criar o Baixo Heavy bangers que você ama.quando você está apenas começando a aprender a produzir dubstep, tudo pode parecer difícil de entender. Então, para ajudá-lo ao longo do caminho, nós montamos uma lista de 15 dicas essenciais para fazer dubstep.

Master Modulation

If you want to learn how to make great dubstep tracks, your first mission is to become a master of modulation.pode soar como uma palavra assustadora no início, mas a modulação é simplesmente a técnica que é usada para criar todas aquelas complexas linhas de baixo rítmicas que gostamos de ouvir em dubstep.esta é uma área onde você pode realmente ser criativo, já que as possibilidades são realmente infinitas.a forma mais comum de adicionar modulação aos sons de baixo é usando LFOs (Osciladores de baixa frequência). Os LFOs funcionam usando o movimento de frequência fora da faixa auditiva humana para controlar vários parâmetros em um sintetizador.
cymatics-how to make dubstep-modulation
Por exemplo, um wobble básico pode ser criado modulando o corte do filtro com um LFO. Isso introduz ritmos extras em seu som, bem como texturas e movimentos em evolução. Isso torna mais dinâmico e interessante ouvir.tornar-se um profissional em modulação não vai acontecer de um dia para o outro, mas ainda é o elemento definidor de virtualmente todas as gotas de dubstep. Então certifique-se de colocar o tempo para aprender sobre isso.

Aprenda com os prós

Este é meio óbvio, mas ainda é uma dica que vale a pena. Se queres ser um dos grandes, aprende com os grandes.os produtores podem ser um pouco rígidos quando se trata de compartilhar seus segredos.Mas se você cavar fundo o suficiente, você geralmente pode encontrar informações úteis de seus artistas favoritos.
Você também pode encontrar toneladas de tutoriais úteis no YouTube, cobrindo todos os tipos de tópicos, desde o design de som à mistura à composição e até mesmo arranjo.outra grande opção é investir em um programa educacional como Academy.fm

na Academia.fm, você vai ter acesso a pré-ajustes de alto nível, amostras, arquivos de projeto, cursos e tutoriais que irão ajudá-lo a dominar a produção de dubstep em nenhum momento.
Na verdade, há um curso completo sobre Acadmey.fm que ensina como fazer cinco louco Dubstep, rosna, incluindo um desses guturais que foi usado em “Terror Squad” por Zomboy!
você pode conferir uma espreitadela deste curso abaixo.
Se você quiser assistir o resto deste curso ou acessar qualquer uma das outras centenas de recursos em Academy.fm podes inscrever-te de graça.

aperte seu Sub

Uma vez que o foco do dubstep é no baixo, é importante colocar cuidado extra em fazer seus sons brilhar.
E porque Basss assumir a liderança em dubstep, você vai querer ter certeza de que seus sons têm bastante acontecendo nas frequências de médio alcance para tomar o centro do palco. No entanto, você ainda precisa ter oomph suficiente nas frequências de sub range para que seus baixos não soem planos.este pode ser um equilíbrio difícil de alcançar, mas a técnica mais comum é criar uma faixa separada para o seu sub-baixo.This can be done simply enough. Digamos que desenhou um grande remendo em NI Massive que será o foco principal da sua queda. Tem muito brilho nos altos e médios para que soe alto e na sua cara, mas o submarino é muito fraco.
tudo o que você precisa fazer é duplicar o seu patch massivo e desligar os filtros e quaisquer efeitos extras. Para um baixo, você só precisa de um oscilador e uma forma de onda simples, geralmente uma onda sine.este adesivo simples irá sentar-se debaixo do seu som principal para lhe dar um belo toque de extremidade baixa sem sujar as frequências média e alta.
cymatics-how to make dubstep-sub

Você pode então EQ para fora das frequências mais baixas no seu som principal de modo que tudo abaixo de 100 hertz será removido. Isto impedirá o seu submarino e o seu som principal de competir uns com os outros.

Use compressão de Sidechain

Nós passamos por cima mantendo o seu submarino limpo, mas você também tem que estar ciente de como o seu submarino pode subcotar o seu tambor de chute.
você pode evitar isso usando compressão sidechain.compressão Sidechain é outro conceito de produção que soa mais complicado do que é. O objetivo básico é usar um compressor para reduzir momentaneamente o volume de certos sons em sua mistura.no nosso caso, o compressor seria colocado no canal sub-baixo, e cada vez que um tambor é disparado, ele irá ativar a compressão sidechain. O resultado é que o sub-baixo vai ficar brevemente mais silencioso enquanto o kick drum toca.isto irá dar o seu pontapé e sub o seu próprio espaço dentro da mistura e mantê-los de cancelar uns aos outros.

Fill In The Offbeats

cymatics-how to make dubstep-offbeats
Dubstep beats tendem a ser muito simples. Um típico ciclo de bateria de dubstep consiste de um chute na primeira batida e um laço na terceira batida, dando ao gênero sua assinatura ritmos de meio tempo.no entanto, as suas batidas ficarão aborrecidas se as mantiver muito simples. Então, para manter seus ritmos frescos, certifique-se de adicionar algumas variações de percussão para preencher os offbeats.um padrão de hi-hat balançado ou o preenchimento ocasional de tom pode fazer um longo caminho para animar suas batidas.porque as batidas de dubstep têm um movimento lento, meio tempo sentir para eles, é importante ter certeza que seus tambores são realmente punchy e impactante.uma maneira fácil de conseguir isso é por camadas múltiplas amostras de tambor juntas. É uma maneira simples, mas eficaz de dar aos seus elementos de percussão um bom impulso. Até os ajuda a sentarem-se melhor na mistura.em uma entrevista com Izotope, Skrillex quebra como ele lança suas armadilhas para torná-los o mais punchy possível.ele diz: É tudo sobre as três peças que fazem um som de tambor muito bom. Você precisa de um transiente agradável no início, e então a nota em torno da frequência de 200 hertz que lhe dá esse boof, e então uma cauda, que pode ser qualquer coisa.”
Ele mesmo vai fundo em aspectos específicos, como ele continua dizendo:
“eu costumo começar com um 909 e comprimi-lo para obter os harmônicos do que 200 hertz nota e, em seguida, levá-talvez um ou dois realmente boa sonoridade bloqueado samples de bateria que não entram em conflito com qualquer dos harmônicos no 909. Então você pega um aplauso ou uma porcelana e coloca-a fora super alto, e adiciona algum reverb para ele e depois imprime-lo como um. Equilibra-o enquanto o imprimes,e depois comprime-o de lá e tens um tambor.”
No entanto, ao colocar tambores, você sempre tem que estar atento a quaisquer questões faseadas que possam ocorrer, especialmente quando se trata de chutes.se você colocar dois chutes juntos que estão fora de fase, isso terá o efeito de fazê-los parecer finos e fracos. Isto é o oposto do que queremos.
Você também vai precisar ter certeza de que seus chutes estão em sintonia uns com os outros, caso contrário você vai acabar com um chute lamacento que perde um pouco de seu impacto.

Use FM Synthesis

If you really want to become a master of sound design, sooner or later you will have to take a dive into the murky waters of frequency modulation (FM).FM é o método que seus produtores favoritos estão usando para criar seus melhores patches dubstep.em comparação com formas mais básicas de síntese de som, modulação de frequência pode ser um conceito difícil de envolver sua cabeça.simplificando, modulação de frequência envolve usar um som para manipular outro. Por exemplo, você usaria um oscilador como sua onda portadora, enquanto um segundo oscilador seria usado para modular a portadora.

dê uma olhada neste diagrama abaixo para obter uma melhor idéia de como FM pode ser usado para alterar o seu som.
cymatics-how to make dubstep-fm explained
Uma das melhores maneiras de saltar cabeça primeiro em modulação de frequência é usando o popular soro de sintetizador ondulante de Xfer. As capacidades FM simples do Serum tornaram mais fácil do que nunca criar sons alucinantes usando modulação de frequência.com a FM útil da função Osciladora, o soro tem uma modulação de frequência muito simplificada. Além disso, a visualização gráfica do Serum irá ajudá-lo a obter uma pista visual de como a FM está a afectar o seu som.
você pode conferir uma tonelada de tutoriais séricos aqui para mergulhar ainda mais em suas poderosas capacidades FM.você quer melhores pré-ajustes de soro?

Download our Free Ultimate Serum Library and improve your sound library today.

Keep It Focused

Uma das principais diferenças entre um produtor amador e um profissional é saber como maximizar cada som ao seu máximo potencial.
muitos iniciantes vão tentar embalar muitas idéias em um único projeto, tornando-o desfocado e, em última análise, desinteressante para ouvir.conversando com a DJ Tech Tools, Kill The Noise explica como você pode melhorar suas produções, mantendo-os focados e dando a sua sala de sons para respirar:”a razão pela qual meus sons parecem ser legais é porque eu lhes dou seu próprio espaço para brilhar. É sobre contraste. Na música, a textura e o movimento do som é tão importante. Muitos produtores acham que interferir com muitos desses sons juntos vai torná-lo melhor, mas na verdade os ruídos apenas ofuscam uns aos outros.”

Switch It Up In the Drops

Long gone are the days where you could get away with making one drop for a song and copying it over to the second drop. Os fãs de música baixo são um pouco mais sofisticados Agora do que eram no início do boom do dubstep, então é importante manter as coisas variadas em suas faixas.
não só é uma boa ideia mudá-lo entre a sua primeira e segunda gota, mas também irá provavelmente querer dividir as suas gotas em secções variáveis.
cymatics-how to make dubstep-ableton
Por exemplo, you might start your drop with one bass part but segue into a different pattern to keep things interesting. Para a sua segunda gota, você pode pegar o seu primeiro padrão de baixo e mudar os loops de bateria ou mudar para um gênero diferente de música de baixo inteiramente.
ouça como Dubloadz adiciona muito interesse para a segunda gota de “apagador de mente”, fazendo variações sutis para os ritmos de baixo.

cause An Impression With Your Intro

We all know that the drop is the most important part of any dubstep track.é a parte mais emocionante e enérgica da canção, e é o que o seu público está esperando. Mas isso não significa que devas ficar preguiçoso com as outras partes da tua pista.muitos produtores vão passar incontáveis horas aperfeiçoando uma grande sequência pesada de baixo apenas para a misturar entre um pedaço genérico de enchimento que está claramente apenas matando tempo até a queda.Let’s take a look at “Resist” by Must Die as an example of a song that is strong from start to finish. A queda desta faixa é tão bem feita que poderia facilmente carregar o resto da canção, mas isso não impede o produtor de criar uma introdução igualmente atraente.
“Resist” começa com TV estática e alguns samples de notícias sound bites. Um sintético de bater junta-se à mistura como um canto de multidão no fundo. Depois, uma poderosa construção leva-nos à primeira gota.
Must Die faz um grande trabalho de configurar a gota com esta introdução. Ela liga-se tematicamente com o que a canção é sobre, enquanto obter o ouvinte bombeado para o que está para vir mais tarde.você sabe que o público está esperando a queda, então sua introdução deve ajudar a construir essa antecipação. A última coisa que você quer é que seus ouvintes para ser rápido encaminhamento para chegar ao bom material.

Go Crazy With Distortion

cymatics-how to make dubstep-distortion
Quando se trata de fazer dubstep, distortion will always be an essential part of your toolkit. Não se consegue vencer a resistência e a intensidade que a distorção torna possível.sem mencionar, quando se trata de projetar em seus patches de baixo da face, distorção pode realmente ser o seu melhor amigo.instrumentos virtuais como Massive and Serum vêm com grandes distorções embutidas, mas praticamente qualquer DAW é obrigado a ter alguns plugins de distorção nativos também.dito isto, não é má ideia adicionar distorções externas ao seu arsenal. Algumas grandes distorções de terceiros para verificar seriam o lixo de iZotope 2, O Ohmicide da força Ohm, e motorista da Native Instruments.

Get Creative With Audio

devido às infinitas possibilidades que os sintetizadores macios fornecem, pode ser fácil de se distrair durante o processo de design de som.
você pode encontrar-se constantemente mudando seus patches e nunca terminar nenhum dos seus sons.quando isso acontece, é uma boa idéia mudar para trabalhar com áudio para uma mudança de ritmo.Repampling synth parts into audio can be a great way to lock in an idea or provide yourself with some limitations that feel creatively fresh.de cortar os sons para brincar com os modos de dobra e adicionar efeitos extras, você pode alcançar um monte de sons interessantes que você não obteria qualquer outra maneira.confira este vídeo do Feed Me in The studio para ver o quão criativo você pode obter com a repetição de áudio.

Learn secret sound design techniques used by the Pros in our free Advanced Sound Design Guide.

Use Post-Processing For Added Flare

você pode usar Outras ferramentas de pós-processamento para ajudar a fazer seus sons pop ainda mais.
Isto é bastante aberto, mas vamos rever alguns efeitos comuns que você poderia usar para reforçar suas produções.se você está olhando para criar o tipo de baixos metálicos que se tornaram populares nos últimos dois anos, você pode usar efeitos baseados no tempo como refrão, atraso e flanger para tomar suas correções para adicionar um efeito robótico slap-back.
Você também vai querer se familiarizar bem com compressores, porque você vai usá-los muito para adicionar punchiness para seus tambores. Um pouco de reverb na armadilha também nunca fez mal.

Don’t Be Afraid To Experiment

While there’s nothing wrong with relying on sound design tutorials while you’re learning the basics, there are too many producers in dubstep who never venture outside of the current trends.se você realmente quer ser um grande produtor de dubstep, mais cedo ou mais tarde você precisará encontrar seu próprio som. Isto é algo que realmente só pode ser realizado através de experiências e experiências.isso não quer dizer que você precisa estar fazendo música de vanguarda, mas você deve se esforçar para descobrir um novo solo sônico. Procure inspiração fora de seus produtores favoritos e se esforce para chegar com sons frescos.

Focus On the Mix & Master

Mixagem e masterização são processos essenciais em qualquer gênero, mas eles desempenham um papel maior na produção global com dubstep e outros gêneros de música baixo.o propósito de misturar e dominar sua música é otimizá-la para soar o melhor possível em qualquer sistema. Isto torna-se especialmente importante quando suas faixas estão sendo usadas em um conjunto de DJ.se a multidão não sentir as vibrações do sub-baixo, e se o seu pontapé não estiver a empurrar a mistura, então eles não reagirão positivamente à sua música no dancefloor.

Recap: How To Make Dubstep

When it comes to producing dubstep, there are a lot of techniques you’ll need to master before you make your first hit.a partir da criação de padrões de baixo complexos e modulados para polir a sua mistura, será necessário uma tonelada de tempo e esforço para aprender tudo o que você precisa saber para produzir uma faixa de dubstep sólida.mas se seu objetivo é fazer um grande dubstep, então você absolutamente deve se familiarizar com as 15 técnicas listadas acima.
Qual é a técnica de produção de dubstep com a qual você mais luta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.